Detento confessa ter matado vigia de 60 anos em Roraima para se defender

17/02/2016 às 04h02

O jovem Rafael Eleotério Félix, de 21 anos, mais conhecido como 'Galeguinho' confessou ter matado um vigia de 60 anos em uma obra de construção no bairro Santa Tereza, zona Oeste de Boa Vista. Félix foi apresentado à Delegacia Geral de Homicídios (DGH) nesta quarta-feira (17) e disse estar arrependido do crime.

Conforme a polícia, o suspeito já cumpre pena no regime semiaberto por roubo e furto. No dia do crime, que possivelmente ocorreu no dia 13, o suspeito estava foragido da Casa do Albergado. Ele foi capturado dia 14 e conduzido à Penitenciária Agrícola de Monte Cristo (Pamc). O corpo do idoso foi encontrado na segunda (15).

De acordo com delegado responsável pelo inquérito, Paulo André Migliorin, o jovem relatou que havia pulado o muro de onde o vigia trabalhava para oferecer a ele uma bicicleta, pois conhecia a vítima, mas não foi reconhecido e começou a ser agredido pelo idoso com barras de ferro.

 

Após travar luta corporal com a vítima, o jovem esfaqueou o idoso e fugiu em seguida. Ele garante que o crime foi em legítima defesa. Segundo a polícia nada foi roubado.

"Todas as pessoas apontavam a autoria do crime ao 'Galeguinho'. Ele foi reconhecido por algumas pessoas. Diante da coleta do acompanhamento das testemunhas, o identificamos e hoje fizemos a condução dele até a DGH", disse o delegado.

O delegado informou ainda que o autor do crime 'resolveu cooperar com as investigações' e disse que está arrependido, pois estava sob o efeito de bebida alcoólica no momento do ocorrido e disse não recordar a quantidade de golpes desferidos contra a vítima.

O suspeito permanecerá preso na Pamc e após os procedimentos na DGH ele também será indiciado por homicídio, além de continuar o cumprimento da pena por roubo e furto