Recém-nascido é achado dentro de caixa em estrada

11/06/2016 às 06h06

Um bebê recém-nascido ainda com o cordão umbilical foi encontrado na noite dessa sexta-feira (10) em uma vicinal de Mucajaí, no Sul de Roraima. De acordo com a Polícia Militar, o bebê do sexo feminino, havia nascido há poucas horas e estava enrolado em roupas dentro de uma caixa de papelão Segundo a polícia, o recém-nascido foi achado por volta das 21h (22h de Brasília) por um casal na margem da estrada que leva à Vila Tamandaré, a 5KM da sede do município. Quando foi encontrado, o recém-nascido ainda estava sujo de sangue.

Após ser acionada pelo casal, a Polícia Militar levou o recém-nascido ao hospital da cidade. Um vídeo feito pelos policiais mostra o primeiro atendimento ao bebê. Ele foi retirado da caixa de papelão, limpo e teve o cordão umbilical removido. Em seguida, o bebê foi encaminhado ao Hospital Materno-Infantil Nossa Senhora de Nazaré, na zona Norte de Boa Vista.

Os policiais militares tentaram localizar a mãe do bebê. No entanto, até este sábado (11), ela não havia sido identificada.

 

O tenente Sílvio da Polícia Militar de Mucajaí informou que os policiais devem retornar ainda neste sábado ao local onde o bebê foi achado para tentar identificar a mãe do recém-nascido.

A reportagem entrou em contato com a Secretaria Estadual de Saúde (Sesau) para obter informações sobre o estado de saúde do bebê e aguarda retorno.

Bebê será levado a abrigo

De acordo com o conselheiro tutelar Franco Rocha, após receber alta médica, o bebê será levado a um abrigo infantil na capital.

"A polícia está tentando localizar a mãe do bebê ou familiares. Caso ela seja encontrada, deve responder criminalmente pelo abandono de incapaz e o recém-nascido ficará com outros familiares ou será levado à adoção", finalizou.

Nota do governo

O governo do estado confirmou que o bebê foi atendido emergencialmente pela equipe do hospital do município e encaminhado para o Hospital Materno Infantil Nossa Senhora de Nazareth. O bebê é uma menina, que está saudável e passa bem. A unidade também já acionou o Conselho Tutelar para investigar a origem da criança.

Quanto às investigações, o Relatório de Ocorrência Policial (ROP) foi entregue na Delegacia de Polícia do município de Mucajaí e será instaurado um procedimento policial para apurar o ocorrido.