Vídeo mostra fuga em massa de detentos da penitenciária

8/06/2016 às 01h06

Vídeo do circuito interno de Peniteniciária Agrícola de Monte Cristo, em Boa Vista, mostra o momento exato da fuga em massa registrada na noite dessa terça-feira (7) na unidade. As imagens, exibidas no Bom Dia Amazônia desta quarta (8), revelam que dezenas de detentos usaram escadas artesanais para pular o muro e fugir do presídio, que é o maior do estado.

Em nota, o governo do estado informou que a cúpula da Segurança Pública está reunida nesta quarta, por determinação da governadora Suely Campos (PP), para apontar de forma imediata um conjunto de ações e medidas que solucionem os desafios do sistema prisional do estado e garantam a segurança e tranquilidade à população.

Um agente penitenciário da unidade afirmou ao G1 que os detentos escaparam do presídio por volta das 21h (22h de Brasília) após quebrar os cadeados das alas. Em seguida, eles foram para a área externa da penitenciária e escalaram um muro de mais de 4 metros usando escadas artesanais.

As escadas usadas na fuga, segundo o agente, foram construídas com materiais de um obra que ocorre dentro do presídio. O número de presos que fugiram ainda não foi divulgado pelo governo.

"Em cada ala, onde normalmente há cerca de 200 presos, há só um cadeado para fechar a grade. Isso porque durante a noite as celas ficam abertas e os presos transitam livremente dentro das alas. Assim, ontem eles só tiveram de quebrar um cadeado por ala e correr até o muro, onde usaram as escadas para escalar e fugiram", relatou o agente que pediu para não ter o nome divulgado.

De acordo com o servidor, a maioria dos presos que conseguiram fugir são ligados a organizações criminosas que atuam dentro e fora dos presídios do estado. Esta é a segunda fuga registrada na unidade em menos de 24h.

"Fomos informados que os líderes de organizações criminosas determinaram que ocorram fugas diárias na peniteniciária. O objetivo deles é conseguir armas e drogas para 'tocar o terror' na cidade", disse o agente.

Assista ao vídeo: