Venezuelano some em RR e polícia acha manchas de sangue em casa

2/06/2016 às 03h06

O venezuelano Luís Rafael Milano Ortiz, de 30 anos, morador do bairro Nova Cidade, zona Oeste de Boa Vista, está desaparecido desde o último domingo (29).

O sumiço foi denunciado à Polícia Civil por vizinhos de Ortiz, que encontraram manchas de sangue no apartamento onde ele mora.

Segundo a Polícia Civil, o caso está sendo apurado pelo Núcleo de Pessoas Desaparecidas (Nipd).

Conforme a proprietária do condomínio onde Ortiz mora, Maria Santos, o venezuelano provavelmente sumiu na madrugada de domingo.

"No domingo pela manhã, Testemunhas de Jeová foram até o condomínio e eu indiquei que elas fossem até o apartamento do Luís, que é evangélico. Quando chegaram lá, viram a chave pelo lado de fora da porta e nos chamaram. Fomos até lá e vimos que tinha sangue no chão da casa", contou Maria Santos.

De acordo com ela, a polícia foi acionada logo depois e constatou o sumiço do venezuelano. Na casa, não havia sinais de arrombamento, mas a bicicleta que pertence a ele desapareceu.

"O Luís foi visto no sábado pela manhã e à tarde. Ninguém ouviu barulho durante a madrugada e não sabemos o que pode ter acontecido", afirmou Maria, acrescentando que Ortiz mora no Brasil há 8 meses e tem mulher e filhos na Venezuela. "Ele estava trabalhando para trazê-los para Boa Vista".